A TalentOrange agora também coloca técnicos de anestesia

A TalentOrange está expandindo seus serviços e agora também coloca técnicos de anestesia (ATAs) do Marrocos, Tunísia e Vietnã.  

Os ATAs são profissionais da área de saúde na Alemanha que dão suporte aos médicos e à equipe de enfermagem no campo da anestesia. Suas principais tarefas incluem a preparação do local de trabalho, a assistência durante a anestesia e a sedação, o acompanhamento e a documentação precisa de todas as medidas e parâmetros vitais. Os ATAs trabalham em estreita colaboração com os anestesistas e enfermeiros da sala de cirurgia para garantir a segurança do paciente e a qualidade do atendimento anestésico. 

O treinamento para se tornar um técnico em anestesia no Marrocos, na Tunísia e no Vietnã é um processo exigente que requer treinamento aprofundado e experiência prática. No Marrocos e na Tunísia, os futuros técnicos em anestesia concluem um curso de três anos que culmina com um diploma. No Vietnã, o programa dura quatro anos e termina com um diploma de bacharel. As principais matérias incluem anatomia, fisiologia, farmacologia, tecnologia de anestesia, ressuscitação e cuidados intensivos. O treinamento inclui treinamento prático na sala de cirurgia, na unidade de terapia intensiva e no departamento de ressuscitação, além de aulas teóricas. No total, o programa de treinamento no norte da África compreende cerca de 4.000 horas e, no Vietnã, cerca de 4.500 horas. Os requisitos de entrada para esses cursos exigem um nível A de ciências e a aprovação em um exame de admissão organizado pelo Ministério da Saúde. Na Tunísia, a média de notas exigida para admissão em universidades públicas é de cerca de 16 de 20 pontos, enquanto no Vietnã é ainda maior, cerca de 24 de 30 pontos. O treinamento para se tornar um técnico em anestesia nesses países exige dedicação, trabalho árduo e paixão pela área da saúde. Os formandos desempenham um papel importante na garantia de um atendimento anestésico de alta qualidade e contribuem para a segurança do paciente. 

A escassez de ATAs qualificados na Alemanha enfatiza a importância de recrutar e treinar especialistas nesse campo. A TalentOrange ajuda a atender à demanda por ATAs e a garantir a qualidade do atendimento em anestesia na Alemanha. A colocação de ATAs do Marrocos, Tunísia e Vietnã abre novas oportunidades para combater a escassez de trabalhadores qualificados e melhorar o atendimento em anestesia.